Basta trazer uma planta nova pra casa para atrair a curiosidade do pet, não é mesmo? É impressionante como os bichinhos gostam de arranhar ou morder as folhagens que usamos para decorar a casa. Mas, apesar de fofo, esse momento pode ser um perigo. Para criar um ambiente pet friendly é preciso conhecer as plantinhas que vamos usar para decoração. Confira a lista que preparamos com algumas espécies que não possuem toxicidade para o seu animal de estimação. 

1. Calatheas são seguras para o pet

São exuberantes e completamente seguras para os animais. São ótimas para quem mora em apartamento, pois necessitam de pouca luminosidade, e também para quem passa bastante tempo fora de casa, pois necessitam de cuidados mínimos. O importante é regar pouco e não deixar a água – preferencialmente filtrada ou destilada – se acumular no fundo do prato ou vaso decorativo.

2. Marantas também são pet friendly

É uma planta típica de florestas tropicais que aprecia bastante umidade e temperaturas mais altas. Essa espécie possui mais de 500 subespécies e é conhecida pelas folhas estampadas. A maranta gosta de ambientes quentes e úmidos, mas cuidado com o encharcamento que pode matá-la. Duas regas por semana costumam ser o suficiente. Além disso, evite a luz direta e a mantenha em meia-sombra.

3. Samambaias são opções suspensas

Muito conhecida no Brasil, essa planta também não traz nenhum risco aos animais. Elas podem ficar em vasos nas áreas internas ou externas. O ideal é regá-las diariamente com pouca água para manter a umidade constante da terra. O único perigo dessa planta é que – quando suspensa – ela pode despencar caso o seu gato resolva pular para alcançar alguma de suas longas folhagens. 

4. Bromélias levam cores e estampas para o lar

São fáceis de cuidar, não envenenam pets e ainda chamam atenção com suas belas cores e estampas. Regue-a com frequência, molhando a parte central da planta e borrifando água em suas folhas nos dias mais quentes. Quanto mais escuras forem as folhas, maior é a necessidade de luz desse tipo de planta. Prefira cultivá-las em vasos de barro ou cerâmica e use um prato de borda alta para conter a água escoada da rega. De resto é só ficar atento para não deixar água parada no vaso ou entre folhas, evitando, assim, a proliferação do mosquito da dengue. 

5. Piela Peperomideides, a planta do dinheiro

Conhecida como a planta do dinheiro chinês ou planta panqueca, essa folhagem é praticamente uma “salada” para o seu pet. Eles costumam gostar muito do sabor dessa folhagem e, não raro, podem ser flagrados mastigando-a. Mas não tem o menor problema, pois elas não têm nenhum tipo de toxicidade. Essa planta reage muito bem em tempos mais quentes e, inclusive, a rega tem que ser feita quando a terra está bem seca. Além de ser apreciada pelos animais, a piela também é queridinha de jardineiros por se manter sempre bonita e bem moldada.

6. Peperômias se destacam pela praticidade

É uma das plantas mais fáceis de cuidar dentro de casa. Ela não ocupa muito espaço e são ideais para ambientes com luz difusa – ou seja, um pouco de luz é necessária, mas não muita – e boa circulação de ar. Elas, inclusive, são muito usadas em jardins verticais ou suspensos com pendentes já que crescem até um metro de comprimento.

7. Chifres de veado são versáteis

Do gênero platycerium, essa planta majestosa de formato exótico é da família das samambaias. Ela gosta de muita  luz e sol direto, então é ideal para regiões quentes. Pode ser colocada para decorar varandas ou sacadas, sem a necessidade de muitos cuidados. A planta gosta de crescer com apoio de tábuas ou troncos, por isso se tornou queridinha para o decor de interiores. Ela fica perfeita em painéis verticais e até mesmo em móveis.

8. Hortaliças podem ser saboreadas pelo seu pet

Se você sabe que o seu pet inevitavelmente irá mastigar suas plantas, que tal investir em uma horta caseira? Os temperos não causam nenhum malefício aos pets, aos seres humanos e ainda embelezam e perfumam o ambiente. Entre elas, o alface, o manjericão, a salsinha, o espinafre e o capim-limão. Tudo lindo e perfeitamente saudável para o seu pet

Não é preciso deixar de decorar a sua casa com plantas por causa dos pets. O importante é criar um ambiente seguro para que nem você e nem o seu bichinho de estimação deixem de usufruir da natureza. 

Tags