Comprar o primeiro imóvel é motivo de alegria, afinal, para muitos, trata-se da realização de um sonho. No entanto, é necessário tomar alguns cuidados para que você não seja surpreendido por imprevistos indesejáveis. Para te ajudar, o Sonhar & Morar preparou uma lista com tarefas básicas – e fundamentais – para serem feitas antes de adquirir a sua primeira casa própria. 

1. Defina uma meta para a compra do primeiro imóvel

Primeiro decida se quer uma casa ou apartamento, que bairro quer morar e quanto quer – ou pode – gastar. Isso ajuda a dar foco e a poupar o seu tempo. Afinal, não adianta visitar imóveis que não cabem no seu orçamento.

2. Conheça o bairro onde pretende morar

Há muitas coisas que podem ser essenciais para tornar a rotina mais prática, como estar próximo de supermercados, de bancos, de áreas arborizadas, etc.  É preciso analisar bem a região para entender se o que ela oferece é mesmo o que você necessita. Além disso, é bom conversar com comerciantes locais e vizinhos para checar se a rua ou condomínio onde pretende morar são seguros. 

3. Faça um planejamento financeiro

A compra de um imóvel exige uma organização nas finanças. É preciso avaliar não só se as parcelas cabem ou não no bolso como também se os valores de taxas (como condomínio) e documentação estão dentro do orçamento.

O ideal é fazer uma reserva de emergência, pois temos que levar em consideração que um financiamento leva muitos anos e, nesse espaço de tempo, muita coisa pode acontecer.

4. Avalie as condições de financiamento

Verificar o tempo de pagamento e os juros que serão embutidos nas parcelas é muito importante para não prejudicar o orçamento. Faça uma planilha detalhada de gastos, avalie os custos e planeje muito bem as suas despesas.    

5. Poupe dinheiro para documentação do seu primeiro imóvel

Taxas como as de cartório, de transferência de propriedade e a própria documentação do imóvel devem ser incluídas na lista de gastos de compra de um imóvel. O ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis), por exemplo, varia de acordo com cada lugar, pois se trata de uma taxa municipal. As pessoas que adquirem seu primeiro imóvel podem ter um desconto no ITBI. No entanto, isso só será possível se a compra for feita pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH). 

Estima-se que o valor gasto com a transferência de um imóvel fica em torno de 4.5% do preço total do bem. 

6. Deixe a documentação pessoal atualizada

Tudo pode se tornar mais fácil e rápido se você já tiver em mãos cópias autenticadas dos documentos pessoais. São eles: RG, CPF, comprovante de residência, comprovante de estado civil, carteira de trabalho e extrato do FGTS. Para ajudar nessa organização, confira aqui os documentos essenciais (link para matéria sobre documentação).

7. Confira a documentação do imóvel com atenção

Quando achar o imóvel dos seus sonhos, analise toda a documentação de compra. Se for uma propriedade ainda na planta, é preciso consultar o memorial descritivo (que reúne todas as informações a respeito da construção), a convenção do condomínio e a certidão negativa de débitos.

Se o imóvel já for usado, solicite o número da sua matrícula (histórico do imóvel) e verifique a situação do bem no cartório. Além disso, verifique a certidão negativa de ação cível e criminal do vendedor, a certidão negativa de utilidade pública do imóvel e se não há dívidas de condomínio ou IPTU.

8. Verifique a estrutura do imóvel

Checar o estado de conservação de uma construção é algo normal e importantíssimo. Deve-se tomar muito cuidado, principalmente, ao adquirir um imóvel usado. É fundamental conferir o encanamento, a elétrica e toda estrutura (possíveis rachaduras nas paredes) do bem que se pretende adquirir.

Com atenção, planejamento e essas dicas precisas, a compra do seu primeiro imóvel ficará muito mais tranquila. Em breve, será só pegar a chave e desfrutar da felicidade e liberdade de ter o seu próprio lar.

9. Procure uma empresa confiável para fazer os trâmites burocráticos 

Dê preferência por imobiliárias e construtoras bem conceituadas no mercado. Essas empresas costumam contar com ótimas opções de imóveis novos ou na planta. Além disso, é essencial encontrar um local que facilite os trâmites burocráticos e garanta a entrega do imóvel no prazo. A MRV, por exemplo, tem mais de 40 anos no mercado e é a maior construtora da América Latina. 

Tags